HD X SSD – Quais as diferenças? Qual o melhor para você?

Tempo de leitura: 5 minutos

Você sabe qual a diferença entre as tecnologias HD X SSD? Embora sejam até parecidos fisicamente, são muito distintos em sua forma de armazenar. Por isso, ambos possuem vantagens e desvantagens. Para escolher a melhor opção para o seu notebook, veja a seguir o guia com especificações que a bringIT preparou para você!

HD – Disco rígido bastante popularizado

A tecnologia que envolve o HDD ou simplesmente, HD, é muito popular e comum. Isso porque os discos rígidos surgiram a mais de 50 anos, e vem evoluindo década após década, compondo os computadores que temos hoje. A grosso modo, nada mais é do que um disco giratório, cujo objetivo é ler e gravar dados.

Como funciona?

Basicamente, os HDs ou discos rígidos possuem um ou mais discos magnéticos. Além disso, contam também com braço juntamente com uma cabeça de leitura e de gravação. Além dos discos, possui ainda um motor que gira os pratos e move os braços. A dinâmica é ditada por um controlador de entrada e saída e um firmware, que faz o sistema se comunicar.

Assim como um disco de vinil, destes antigos, cada um dos discos do HD contam com ranhuras circulares, conhecidos como trilhas. Estas são divididas em unidades lógicas chamadas setores.

Assim, cada trilha e setor geram um endereço exclusivo, que serve para organizar e localizar os dados, que são gravados. No entanto, um algoritmo processa os dados antes da gravação.

A velocidade dos disco rígido pode variar bastante e são determinadas previamente. No caso de computadores mais comuns, que são a maioria, chegam a 4200 rpm a 7200 rpm. Desta forma, quanto maior a velocidade, mais rápido o disco rígido lê e grava dados do seu computador.

Principais desvantagens

Primeiramente, vamos abordar as desvantagens desta tecnologia. A primeira grande desvantagem é que o HD é uma peça mecânica. Logo, são mais lentos que dispositivos eletrônicos, como o SSD, pois precisam de mais tempo de para extrair dados.

Veja também: Combos de acessórios para notebook: produtos que dão match

Além disso, são comuns erros como negligenciar dados no processo, relativizar falhas ou mesmo danificar facilmente se o computador cair no chão ou bater em algo, por exemplo. Por ser mecânico, consomem mais energia, requerem mais manutenção e são mais pesados.

Principais vantagens

No entanto, o HDD também possui vantagens a oferecer. É uma tecnologia abundante e plenamente testada, mais barata e com as mesmas condições e capacidades que outras tecnologias, como, por exemplo, o SSD.

SSD – Nova tecnologia

O SSD – ou Solid State Drive – Unidade de Estado Sólido é uma tecnologia bem mais recente que o HD. Está tomando espaço no mercado rapidamente, pois conta com uma maior capacidade de armazenamento dia após dia. Vale ressaltar que o SSD se difere por armazenar eletronicamente os dados, sem descarte de dados ao desligar a máquina.

Como funcionam o SSD?

Talvez você já deve ter ouvido falar sobre a tecnologia NAND. É a tecnologia usada em USB e, agora, também no SSD. O NAND conta com transistores de porta flutuante e registram uma carga para armazenar dados eletronicamente. Cada porta está conectada com as demais, em formato de rede – e cada linha desta rede é chamada de página – dispostas em blocos. Um controlador realiza o controle da localização dos dados, bem como outras demandas do SSD.

O funcionamento do SSD é bastante complexo. Quando uma parte do SSD é atualizada, todo o bloco precisa ser atualizado em conjunto. Os dados do bloco antigo migram para outro bloco, e o anterior é apagado, consecutivamente.

Quando há dados que não precisam ser regravados, ocorre o TRIM, um processo que avisa que não requer regravação dos dados. No entanto, um bloco pode ser regravado por quantidade limitada, para evitar desgastes. Um algoritmo permite organizar e estabelecer a mesma quantidade de regravações para cada bloco.

O SSD é também uma tecnologia que não utiliza toda a sua capacidade de uma vez, ou seja, conta com um espaço adicional não utilizado na movimentação de dados.

Veja também:A fonte do notebook queimou? Descubra como testar!

Principais desvantagensHD x SSD

O SSD é algo muito recente e seu preço tende a ser mais caro quando comparado com o HD.  Outra desvantagem é que a sua capacidade é muito menor, já que o HD pode ser até 2,5 vezes maior. No entanto, é uma tecnologia que evolui constantemente.

Principais vantagens

O SSD tem um carregamento muito mais rápido e mais leves. É mais resistente a impactos. Gasta menos energia e não tende a esquentar muito durante o uso. É ideal para funções mais robustas, como softwares, aplicativos, games e filmes.   

HD x SSD – Qual escolher?

Esta é uma pergunta que todo comprador que deseja adquirir um notebook ou computador deve fazer. Se você procura uma tecnologia que permite mais velocidade em armazenamento, desempenho em tarefas robustas e que deve continuar crescendo bastante nos próximos anos, o SSD é uma boa solução.

Contudo, se precisar de mais armazenamento e deseja investir menos – ou seja, opta por uma solução mais em conta – o HD pode ser a tecnologia mais acertada. O que deve se levar em conta é o gosto pessoal e a sua identificação com o dispositivo.

HD x SSD – Dá para usar os dois juntos?

Para finaliza, a dica é fazer uma pesquisa entre os modelos, indicações, marcas e outros requisitos, inclusive do seu computador, para fazer a melhor escolha.

Muitos modelos possibilitam trabalhar com as duas tecnologias. A possibilidade de trabalhar com HD X SSD é uma tendência que deve crescer ainda mais nos próximos anos. Afinal, velocidade e capacidade juntas é o sonho de todo usuário!

Veja também: 7 formas de identificar especificações técnicas no notebook

Gostou das dicas? Agora você já sabe mais sobre HD X SSD. Aqui no Blog bringIT você encontra novas informações sobre notebook, periféricos e tendências do universo da informática. Deixe um comentário e compartilhe estas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *