Conheça os tipos de teclado

Conheça os tipos de teclado

Tempo de leitura: 6 minutos

É importante conhecer os principais tipos de teclado, para realmente saber escolher o mais indicado para você, tanto pelos usos que faz dele como para conseguir acoplar com eficiência o produto novo ao PC que você já tem.

Mas, para obter esse resultado, a coisa pode não ser tão simples, pois são muitas variáveis envolvidas, que muitos consumidores não conhecem. Portanto, a tendência é comprar com urgência, pois o teclado parou de funcionar e precisam logo de um novo, e comprar às pressas não costuma dar bons resultados.

Quer saber quais são os tipos de teclado mais indicado para você? Então, continue lendo!

Tipos de teclado conforme o uso

Existem basicamente três tipos de teclado:

  • Comum ou de escritório: este é o mais simples e comum, usado principalmente para digitar, ou seja, trabalhar. Assim, suas teclas são mais voltadas para eficiência em tarefas, e não tem teclas extras ou atalhos para comandos mais específicos. Para conferir alguns modelos, veja aqui.
  • Teclado multimídia: o maior diferencial deste tipo de teclado é permitir a quem o usa passar de uma faixa para outra (de música ou de filme) sem precisar abrir o programa que a está reproduzindo. Também é um teclado mais voltado para o trabalho, portanto também pode ser usado em escritórios.
  • Teclado gamer: como o próprio nome já diz, este é voltado especificamente para pessoas que jogam no computador. Ele tem comandos específicos, como backlight RGB, a possibilidade de usar macro nos jogos e tecnologia antighosting, tudo para melhorar ao máximo as jogadas, e assim ter boas experiências.
Tipo de teclado gamer com backlight azul

Sem fio ou com fio?

Atualmente há uma grande discussão entre os tipos de teclado sem fio e com fio, sobretudo, à qual é o mais adequado.

A grande vantagem do teclado sem fio é o seu usuário poder se posicionar mais distante do computador, o que lhe permite maior liberdade de movimentos e menos exposição ao excesso de luz da tela, para quem tem os olhos mais sensíveis.

Os teclados sem fio vêm com uma entrada USB para ser conectada, mas podem parar de funcionar a qualquer momento, porque dependem de pilhas para funcionar, portanto é preciso estar sempre atento a isso. Além disso, eles não são indicados para gamers, porque pode retardar certos comandos, por sofrerem interferência de outros aparelhos. Mas, se a pessoa for usar o teclado apenas para escrever, provavelmente nem perceberá esse atraso.

Os teclados com fio, por sua vez, não sofrem com interferências externas, porque já estão numa conexão direta. Portanto, são os mais indicados para jogos, porque o tempo de resposta é bom.

Tecnologias implementadas nos teclados

Diversas tecnologias são implementadas em diferentes tipos de teclado, conheça elas:

  • De membrana: este é o teclado mais comumente encontrado por aí, por ser mais barato. A membrana debaixo dos teclados, de plástico, é o que aciona os contatos e produz os comandos. A grande desvantagem é que pode não reconhecer vários comandos apertados ao mesmo tempo, o que não o torna uma opção muito indicada para jogos.
  • Com switch mecânico: neste, cada tecla tem um switch embaixo, que funciona como uma chave, o que permite exatamente combinar vários comandos ao mesmo tempo, sem a preocupação de eles não funcionarem. E, como seu tempo de resposta é mais curto, é mais indicado para gamers.
  • Com switch óptico: o detalhe que diferencia este do anterior é que este envia um sinal mais limpo, o que faz os comandos funcionarem mais corretamente. A desvantagem deste e do anterior é que são teclados mais barulhentos do que os de membrana.

Linguagem e design

Ela se refere à presença ou não de certas teclas, ou à posição delas no teclado. Por exemplo:

  • ABNT: tecla ENTER em forma de L invertido e acento agudo ao lado do P;
  • ABNT 2: além dos anteriores, conta com a presença do Ç.

Mas há teclados sendo vendidos no Brasil que não contam com essas características, seja porque são importados, seja porque seus fabricantes, mesmo instalados aqui, não levam em conta as normas da ABNT. Isso também pode acontecer por questões de acessibilidade ou necessidade de repetir frequentemente determinados símbolos. Por exemplo:

  • Português de Portugal: o acento agudo fica ao lado do ENTER.
  • Inter Us (Internacional, modelo estadunidense): a tecla ENTER é horizontal, e não existe Ç.

Além disso, também é preciso levar em conta que o teclado mais comum em países ocidentais é o que tem a combinação QWERTY no canto superior esquerdo, mas também há combinações como XPERT ou AZERTY.

Ou seja, os teclados ABNT2 também podem ter desenhos ou distâncias diferentes entre as teclas para atender a necessidades especiais. Mas, se você quiser evitar problemas como tendinite, opte por um ergonômico, que conta com um apoio para você descansar o braço enquanto o usa.

Tipo de teclado mac branco sem fio em fundo cinza

Instruções específicas para teclados de notebook

O melhor é que você compre um teclado da mesma marca e modelo do notebook, para obter dele o máximo de aproveitamento. Estas informações estão na etiqueta da fábrica, que está na parte inferior do notebook. Mas também é preciso saber o part number do teclado, porque é este dado que garantirá a compatibilidade deste com o aparelho que você já tem. Alguns teclados podem ter compatibilidade com notebooks de outras marcas, mas é preciso confirmar essa informação antes da compra. Para ver as marcas que nós temos, clique aqui.

Alguns teclados podem funcionar bem em notebooks que originalmente têm layout diferente. Para isso é preciso pré-configurar o sistema operacional, desde que ele esteja na lista de compatibilidade;

  • Decida se você quer mouse entre as teclas (Pointing Stick), BackLight (uma luz LED que ilumina as teclas, facilitando para quem usa o aparelho à noite), padrões diferenciados de idiomas, entre outras funcionalidades;
  • Confira a conexão do Flat Cable (ou Cabo Flat), que é o que conecta o teclado com a placa-mãe;
  • Verifique os sons que o teclado faz – alguns causam uma polifonia (mistura de sons) bastante desagradável;

Dá para priorizar teclas de programação de funções, como liga/desliga, stand-by, captura de imagem, atalho para área de trabalho e botão iniciar, o que facilita muito algumas rotinas.

Instruções específicas para teclados de gamer

Uma das maiores dicas para esse público é prestar atenção no Key Rollover ou Anti-Ghosting, que é o fator que mede quantas vezes várias teclas são registradas na tela quando apertadas ao mesmo tempo. Os computadores comuns só registram uma ou duas teclas ao mesmo tempo, o que faz com que ignorem outros comandos ou acionem outros que não foram tocados, sendo este o “efeito fantasma” a que a expressão Antighosting se refere, em tradução livre. Para gamers, é bom que o teclado garanta Key Rollover de 6 teclas.

As funções macro permitem customizar as teclas, atribuindo a uma um comando que só seria acionado com mais teclas em conjunto, e salvam essas alterações.

Agora que você conhece os diferentes tipos de teclado, acesse nossa loja e compre o melhor para você!