Teclado desconfigurado – 7 passos para resolver no seu notebook

Tempo de leitura: 5 minutos

O teclado desconfigurado é um problema muito comum entre os usuários de notebook. Mas também há formas de solucionar a questão se que seja preciso ter muito conhecimento no assunto. Então, veja a seguir alguns itens que você deve considerar ao ajustar o teclado desconfigurado!

Teclado está desconfigurado: o que fazer?

Por acaso, quando menos se espera, pode acontecer algum problema irritante com o teclado do seu notebook. O principal deles, salvo problemas físicos, é o teclado desconfigurado. Mas isso não precisa ser uma dor de cabeça para quem não tem tempo a perder, apesar de ser algo bastante frustrante.

Primeiramente, qual a evidência que encontrou de que o teclado do seu notebook está desconfigurado? Quais problemas ele apresenta? Nesta pequena análise, já dá para saber se o teclado apresenta problemas de configuração ou físicos.

No caso de problemas de configuração, é muito recorrente acontecerem no uso de mais de uma linguagem durante a rotina diária. Além disso, é muito comum desconfigurar o teclado ao apertar uma tecla sem querer ou mesmo sem perceber que isso aconteceu.

Além disso, outro problema muito comum é o teclado desconfigurado por vírus, alterando a linguagem padrão instalada no notebook e requerendo que você altere manualmente as configurações para resolver o problema.

Desta forma, o primeiro passo, desta forma, é verificar os motivos aparentes da desconfiguração e reiniciar o computador para tomar as ações necessárias.

Configure o seu teclado

Faça o seguinte teste após iniciar o sistema: pressione as letras P O I U, ou A S D F, e veja se aparecem números ou invés de letras em qualquer programa de texto. Se isso ocorrer, o problema está na desconfiguração do Teclado Alfanumérico nestas letras. Você pode fazer outros testes com letras de diferentes quadrantes do teclado.

Para corrigir, pressione as teclas Função (Fn) e Num Lock (ou NumLK), ao mesmo tempo. Isso deve resolver o problema. Do contrário, se não possui uma destas teclas ativas no seu notebook, basta acessar o teclado virtual e fazer o mesmo procedimento.

Utilize o Teclado virtual

Para acessar o teclado virtual, procure a partir da tecla Windows por “Teclado” ou “Keyboard” se estiver em inglês. Deve surgir em sua tela rapidamente. Depois de acessado o teclado virtual, se a tecla NumLock não aparecer, clique em “opções” e marque a opção “Ativar teclado numérico”. Em seguida, clique em Fn e então em NumLock.

Problemas de troca de letras por símbolos ou letras não correspondentes

Um teclado desconfigurado muitas vezes troca letras por símbolos e vice-versa, outro problema bem recorrente. Em geral, atinge todas as teclas ou a maioria delas e é um problema causado por vírus. Neste caso, basta passar um antivírus e fazer outras ações do gênero e reconfigurar se precisar.

No entanto, em poucos casos, pode haver um conflito do Sistema Operacional, danificando o layout do seu teclado de seu notebook. Assim, para resolver este problema, verifique o layout selecionado para o seu teclado no Windows – na versão em Português, deve estar configurado como ABNT2, opção PTB2.

Adicione um novo Layout em seu teclado desconfigurado

Em suma, para resolver boa parte dos problemas que levam a um teclado desconfigurado, basta adicionar um novo Layout para o seu teclado, optando por “Adicionar um Teclado”. Ou ainda vá em Região e Idiomas > Alterar Teclados, dependendo da sua versão do Windows.

Então, busque pela opção que seja compatível com o seu teclado. Em geral, é “Estados Unidos – Internacional” ou “Português – Brasil ABNT2” caso o seu teclado seja no padrão brasileiro (com Ç dedicado e Enter grande).

Outra opção, dependendendo da versão do Windows, é pressionar a tecla “Alt” e a tecla “Shift” simultaneamente. Com este atalho, você pode alterar a linguagem do teclado em caso de acidente.

Isto é, também pode alterar a linguagem de PT-Br para Int-US e vice-versa com caracteres diferenciados para as teclas. Logo, esta ação deve resolver o problema. Em seguida, refaça os testes após estas ações e veja se está funcionando com perfeição.

Outros problemas de teclado desconfigurado

Nem sempre o problema é um teclado desconfigurado. Às vezes, são danos causados por excesso de sujeira, problema de encaixe das peças ou USB, teclas presas, teclas soltas, etc. Desta forma, verifique todas as possibilidades além de reconfigurar o sistema em relação ao teclado.

Quando é hora de trocar o teclado do notebook?

Quando o teclado é muito antigo, possui problemas físicos e funcionais, conta com problemas que sai mais caro consertar do que comprar um novo, ou mesmo quando não há conserto pela assistência técnica, uma forma de otimizar o seu notebook é substituir o teclado e instalar um novo.

Desta forma, o primeiro passo é verificar as configurações compatíveis da máquina com o novo teclado. Depois, verificar o que você busca em um teclado de notebook – teclas mais macias, painel mais resistente, teclas com iluminação, etc. A partir disso, é possível fazer uma pesquisa de mercado, considerando as diferentes marcas e modelos.

Uma dica é verificar justo a um especialista a real situação do teclado do notebook e avaliar antes de investir. Desta forma, para aumentar a vida útil do teclado do seu notebook, uma dica é optar por um teclado externo, USB ou sem fio. Para saber mais sobre como resolver outros problemas de teclado desconfigurado, acesse este artigo!

Para finalizar, confira em nossa loja a categoria especializada em teclados. Aliás, você pode encontrar diferente marcas e modelos de teclado para notebook.

Além disso, veja também, as melhores marcas de notebooks, periféricos, acessórios e outros componentes que podem otimizar a sua experiência na rotina pessoal ou de trabalho.

Veja também: A fonte do notebook queimou? Descubra como testar!

Gostou das dicas sobre teclado desconfigurado? Então, confira outras dicas e novidades todos os dias aqui no Blog da bringIT! Não se esqueça: deixe o seu comentário e compartilhe estas informações em suas redes sociais! Siga-nos no Instagram!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *