Produtos

Você sabe o que é a conexão USB-C?

entrada usb-c em notebook com cabo e ilustração

Tudo indica que o USB-C será o padrão da nova geração de dispositivos que poderão ser recarregados e trocar dados com mais eficiência. Há rumores de que a Apple, conhecida por ser a vilã de compatibilidade, poderá adotar entradas USB-C em seus dispositivos em 2019. Veja as principais características da conexão USB-C e saiba porque a Apple escolheu utilizá-la como forma de ligar periféricos no Mac.

A conexão USB é um padrão universal e sua sigla significa Universal Serial Bus. É por isso que essas entradas estão em dispositivos tão diferentes no mercado, de celulares e câmeras à adaptadores bluetooth e pendrives. O USB-C é uma evolução do USB 3.0, que se diferencia esteticamente do 2.0 pela cor azul, sendo, portanto, um USB 3.1 com um conector Tipo C. Ele é, teoricamente, duas vezes mais rápido que USB 3.0. Também é eletricamente compatível com o USB 3.0, embora, obviamente, não irá ligar fisicamente sem um adaptador.vantagens_do_usb_c_a_substituicao_de_cabos_de_dados_video_energia

Como é o desempenho do USB-C?

O conector Tipo C é menor do que os Tipo A e Tipo B, medindo apenas 2,5 mm de altura e 8,3 mm de largura. Isso permite que os MacBooks tenham a espessura mínima de 1,3 cm. O novo padrão substituiu as portas Thunderbolt, USB convencional e até a MagSage para recarregar a bateria.  Ou seja, essa única porta permite conectar carregador, HDMI, DisplayPort, monitores VGA e dispositivos USB, como drives externos, além do iPhone ou iPad.

O USB-C apresenta um aumento considerável de desempenho que o torna o substituto ideal para todas as conexões. Isso porque ele transfere dados à até 10 Gbps (Gigabit por segundo), o suficiente para transmitir vídeos em 4K para monitores externos ou rodar discos SSD com eficiência máxima (o USB 3.0 só é capaz de alcançar cerca de 80% a capacidade dos discos de estado sólido).

O USB-C pode aguentar carga até 100 watts (20V) e permite o envio ou o recebimento de energia. Um notebook comum precisa, em média, de 60 watts para ser recarregado. Com esses 40 watts de sobra, o MacBook pode, por exemplo, recarregar um iPhone e um iPad ao mesmo tempo enquanto é usado.

Novidades na Apple e Microsoft com USB-C

Os mais famoso modelos de MacBooks e o também Chromebook Pixel, fabricado pelo Google, são somente o começo de uma era de gadgets com conectores universais e poderosos. Parece que finalmente teremos também carregadores universais, sejam eles computadores, smartphones, tablets ou praticamente todo tipo de eletrônico. Nas últimas semana, cresceram os rumores de que a Apple poderá adotar o padrão USB-C nos próximos lançamentos de iPhones a partir de 2019, o que seria um alívio para muitos usuários. Além disso, a Microsoft também registrou patentes do USB-C para gabinete e cabeamento.

 

Atenção!

É fácil comprar acidentalmente um cabo USB-C que pode danificar seus dispositivos. Por isso, o USB Implementers Forum (USB-IF) está tomando algumas medidas para resolver o problema e garantir que seus dispositivos estejam protegidos de cabos desonestos. Tal proteção vem sob a forma de uma “Autenticação da especificação do USB tipo C”, que é um conjunto de regras de software que um dispositivo pode aplicar.

 

Ainda tem alguma dúvida? Fale com a gente! A bringIT tem uma equipe de especialistas à disposição para ajudar a solucionar seus problemas.