Vídeo aparece riscado? Pode ser sua placa de vídeo

Vídeo aparece riscado? Pode ser sua placa de vídeo

Tempo de leitura: 5 minutos

A imagem do seu monitor está ruim e você não sabe o que está acontecendo? O problema pode ser a placa de vídeo. Confira!


Imagine essa situação: Você está jogando o seu game favorito e de repente a tela do seu computador começa a apresentar o vídeo riscado. A princípio parece ser uma situação bem preocupante, ainda mais quando se tem ideia que o problema pode estar relacionado com a placa de vídeo. Mas calma, isso pode ter uma solução.


Antes de sair pesquisando valores e procurando uma placa nova é preciso avaliar e ver o que pode ser feito. A complexidade para resolver depende de alguns fatores como os padrões em que os riscos aparecem na tela e as próprias condições do seu computador. 


Para te ajudar a entender e ter ideia do que fazer nesses casos, fizemos esse post com informações importantes.

Placa de vídeo

Muitas pessoas já ouviram falar da placa de vídeo e até mesmo sabem da sua existência em seu computador. Mas você sabe o que ela é e qual a sua importância? Vamos explicar rapidamente.


A placa de vídeo é o componente responsável por gerar imagens de tudo que você vê na tela do computador. Isso vale para um simples documento de texto, até para um vídeo ou um jogo mais complexo. 


Conhecida também como GPU (Unidade de Processamento Gráfico), ela possui modelos mais simples, integrados à placa-mãe e versões mais robustas, chamadas de placas dedicadas.

Como a placa de vídeo funciona?

O funcionamento de uma placa de vídeo, teoricamente, é bem simples. Como informado acima, ela gera as imagens na tela. Para isso, quando é executada alguma função no computador, a CPU (Unidade Central de Processamento) da máquina envia as instruções e dados à GPU, ela processa todos os dados e passa para o monitor o que será exibido.


A tela recebe essas informações e exibe as imagens. Todo esse processo é feito muito rápido, de forma instantânea. 

Vídeo riscado, e agora?

Se a imagem da sua tela está aparecendo com defeitos, pode ser consequência de problemas na placa de vídeo. As interferências podem ser linhas multicoloridas, deformidades nas imagens e até mesmo travamentos. Esses defeitos são conhecidos como vídeo riscado ou artefatos.


Geralmente esse problema aparece por falhas de funcionamento de componentes da placa. Porém, também pode ser algo relacionado ao monitor ou cabos flat, principalmente em casos de notebooks.


Existem algumas causas para uma placa de vídeo apresentar esses problemas. São elas:

  • Overclock (Uso excessivo dos componentes);

  • Alimentação elétrica menor que o exigido pela máquina;

  • Superaquecimento, sistema de refrigeração com falhas;

  • Cooler ruim.

Não existe uma ordem certa, os defeitos podem aparecer ao ligar o computador ou durante o uso. Esses problemas acontecem normalmente quando a memória RAM ou o processador da placa de vídeo são comprometidos.

Como saber se o problema é no processador ou na memória da placa de vídeo?

Vimos que o problema de vídeo riscado acontece quando a memória RAM ou processador da placa de vídeo são comprometidos. Mas como saber qual desses componentes realmente está danificado? Para tirar essa dúvida vamos listar as características de cada um deles.

Problema na memória

A memória tem algumas funções como o armazenamento das cores de cada pixel, cálculos geométricos e quadros futuros de um vídeo. Podemos identificar problemas na memória da placa quando as distorções da imagem acontecem em uma parte da tela, deixando o funcionamento da outra região do monitor normal.


Outros defeitos podem ser identificados por cada função da memória, como:


  • Problema no armazenamento das cores: Apresenta pontos pequenos e coloridos na textura de algum objeto ou por toda a tela;

  • Problema nos cálculos geométricos: Mostra objetos distorcidos, pedaços de imagens ou granulados no vídeo que parecem “espinhos”;

  • Problema nos quadros futuros: Aparecem linhas coloridas em padrões diversificados quando um vídeo, filme ou aplicação 3D for executada no computador.

Problema no processador 

Já quando a causa dos problemas é o processador, podemos ver toda a imagem na tela afetada. Nesses casos não há um padrão definido para diferenciar funções diferentes da peça.

Tem como consertar a placa de vídeo?

Quando alguns desses problemas listados acima aparecem, o primeiro passo é parar de forçar o funcionamento da placa, ou seja, parar de usar aplicações mais pesadas como jogos ou programas 3D. 


Isso deve ser feito mesmo que o funcionamento do computador continue normal, sem travamentos ou outros problemas. Assim como qualquer outro aparelho eletrônico e até mesmo mecânico, quanto mais persistir no uso, maior pode ser o problema no futuro.


Um dos primeiros passos é reinstalar o drive da placa de vídeo de acordo com a versão mais atual. Geralmente eles ficam disponíveis nos sites das fabricantes, mas, em caso de dúvidas, mesmo não sendo algo difícil, é melhor procurar a ajuda de um especialista.   


Outra opção mais complexa é realizar a limpeza da placa com álcool isopropílico ou uma borracha macia. Para isso é preciso desencaixar a GPU com muito cuidado. Por isso, mais uma vez, aconselhamos que seja feito por um técnico. 


Durante esse procedimento é necessário limpar as ventoinhas e o sistema de dissipação de calor. Para ser completo, também é necessário a troca da pasta base do cooler.

Cuidados com a placa de vídeo

Existem softwares que reduzem a frequência de processamento das placas, porém eles não são recomendados. A melhor maneira de cuidar da placa de vídeo é evitar forçar ela constantemente. Assim como a maioria dos produtos eletrônicos, ela possui uma vida útil e dependendo do caso, é preciso adquirir uma nova. 


Neste post apresentamos alguns problemas que podem acontecer com a sua placa, como o vídeo riscado. Gosta desse tipo de assunto e quer mais dicas sobre tecnologia? Acesse o nosso site e fique sempre antenado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *