SSD ou HD: qual o melhor?

Tempo de leitura: 7 minutos

Você está ficando sem espaço de armazenamento ou deseja comprar um novo dispositivo de armazenamento de memória, mas está em dúvida entre SSD ou HD qual o melhor?

Estamos aqui pra te ajudar!

A tecnologia de armazenamento de dados evoluiu incrivelmente, hoje são utilizados dois formatos básicos de dispositivos:

  1. os HDs
  2. e os SSDs.

Portanto, decidir entre um SSD ou HD nem sempre é uma tarefa fácil, de um lado mais conhecido e também mais utilizado o HD difere em diversos aspectos dos agora queridinhos SSD mas o que cada um tem de diferente?

hd (hard disk)

SSD ou HD qual o melhor? Definindo o HD

O termo HD é uma derivação de HDD abreviação que vem do inglês Hard Disk Drive, em tradução livre disco rígido.

Em grosso modo, o HD é um componente hardware do dispositivo que é responsável por armazenar dados. O disco rígido é uma memória não volátil, o que em geral significa dizer que as informações não são perdidas quando o computador é desligado.

Seja como for, os dados nos HDs ficam armazenados em uma mídia magnética, algo parecido com a tecnologia utilizada no DVD o que o torna muito sensível a quedas, por exemplo e impactos, num geral. Em casos de danos é recuperar dados do HD é uma missão quase impossível, ou seja, se torna um dispositivo inutilizável.

Em sua história, o primeiro HD era capaz de armazenar até 5 MB de dados o que foi considerado um grande avanço em termos de armazenamento para a época, 1965. Passados 65 anos dessa primeira conquista, hoje facilmente encontra-se disponíveis no mercado HDs de 10TB como os da Western Digital.

Sobretudo, vale a pena lembrar também que um GB (Gigabyte) é o equivalente a 1024MB (MegaBytes) e cada TB equivale a 1024GB.

Confira abaixo uma lista de prós e contras.

HDs prós

  • Em primeiro lugar, fica o custo beneficio evidente pois oferece um menor preço por ser uma tecnologia mais antiga e já estar presente em nossos dispositivos. Os HDs convencionais efetivamente são mais baratos que os SSDs;
  • Nada fora do comum a capacidade de armazenamento é alta, exemplares com até 10TB são comercializados com preços mais acessíveis que se comparados aos SSDs;
  • Possui um desgaste menor em relação aos SSDs, que apesar de mais resistentes, têm vida útil medida em volume total de dados salvos ao longo do tempo. Ou seja, quanto maior a movimentação de arquivos em um SSD, maior o desgaste, enquanto para HDs esse prazo é corrido;
  • Outra vantagem do HD é que não sofrendo danos pode apagar e escrever dados por décadas.

HDs contra

  • Seu tempo de leitura e escrita é menor – Devido a um funcionamento mecânico, o tempo que ele leva para acessar ou modificar um arquivo é bem maior em comparação ao SSD. A sua velocidade de leitura e gravação de dados pode variar entre 50 à 120 MB/s.
  • Os HDs ainda utilizam uma tecnologia relativamente antiga.
  • Os HDs também são maiores e mais pesados
  • são mais barulhentos e consomem mais energia em relação aos SSDs
  • Tanto HDs internos quanto externos apresentam uma estrutura frágil. Por se tratar de um componente com peças mecânicas, acaba sofrendo impactos ou quedas, em consequência o HD sofre danos ou apresenta mais falhas.

SSD ou HD qual o melhor? Definindo o SSD

Como é popularmente conhecido, o SSD vem do termo em inglês Solid State Drive, que significa em tradução livre disco de estado sólido.

Em outras palavras, é um tipo de armazenamento de dados que permite acessar arquivos mais rapidamente devido a latência (tempo até acessar um arquivo) menor e também os carregam muito rápido.

Apesar de unidades SSD utilizarem chips de memória do tipo flash (que são diferentes dos chips usados em módulos de memória), elas são classificadas como “dispositivos de armazenamento” e não como “memórias”.

Essa tecnologia de armazenamento não possui peças mecânicas então, automaticamente, não produz vibrações como acontece no HD comum, por exemplo, o que torna o SSD muito mais silencioso e resistente.

Visto que, utilizando um chip de memória simples chamado flash NAND, o armazenamento do SSD não tem partes móveis o que demanda menos tempo de acesso, carregamento e leitura de arquivos.

Confira abaixo uma lista de prós e contras.

ssd sata

SSDs prós

  • Tempo de acesso reduzido. O tempo de acesso à memória é muito menor do que o tempo de acesso a meios magnéticos ou ópticos;
  • A eliminação de partes móveis eletromecânicas faz com que as vibrações sejam reduzidas o que acaba tornando-os completamente silenciosos;
  • Por não possuírem partes móveis, são muito mais resistentes que os HDs comuns que são frágeis contra choques físicos, o que é extremamente importante quando estamos falamos sobre computadores portáteis, por exemplo;
  • SSDs são menos pesados em relação aos discos rígidos, mesmo os mais portáteis;
  • Consumo reduzido de energia;
  • Possibilidade de trabalhar em temperaturas maiores que os HDs comuns – cerca de 70 °C;
  • Velocidade muito superior aos demais dispositivos, ele apresenta até 4500 MB/s na gravação e até 5500 MB/s nas operações de leitura, o que é até 10 vezes mais rápido que um HD de alta performance.

SSDs contra

  • Valor mais elevado que o do HD comum;
  • Capacidade de armazenamento inferior aos discos rígidos IDE e SATA;
  • O SSD contem uma vida útil limitada. De acordo com a Ontrack, a vida útil média de um SSD é entre 3 mil e 10 mil ciclos de gravação. Em prática, isso significa que quanto mais dados por célula forem salvos, maior o nível de desgaste do equipamento.

Afinal, qual o melhor HD ou SSD?

Então chegou o momento, preciso escolher entre um, qual a melhor opção?

Certamente, para responder essa pergunta é simples, pois depende do seu objetivo.

A princípio o SSD, por ser uma tecnologia, relativamente, recente ainda tem uma oferta menor e mais limitadas de tamanho de armazenamento e pesam mais no bolso, por outro lado os HDs apresentam mais memória e preço mais acessível embora peque na velocidade.

HDs duram de cinco a oito anos se tiverem um bom cuidado. Já os SSDs podem chegar a dez anos ou mais se não tiverem problema de temperatura e utilização.

Por fim, a desvantagem principal do SSD é o preço, tanto para um drive SSD externo como para o componente em um notebook ou computador de mesa. Por isso, é comum encontrar máquinas com configuração parecida, mas com SSD de 256 GB com preço até mais alto do que um computador com HD de 1 TB.

Gostou das nossas dicas? Confere aqui alguns modelos desses tão tecnológicos dispositivos que fazem total diferença! 

Conheça os produtos da BringIT!

Se nós te ajudamos nesse post sobre SSD ou HD, temos certeza que podemos te ajudar ainda mais!

A BringIT é uma loja a mais de 10 anos no mercado. Nesse sentido, nós contamos com um catálogo variado que abrange diversas marcas, séries e modelos. Igualmente, nossos produtos são de alta qualidade e alta performance e passaram por rigorosos testes que atestam tudo isso.

Somos especializados em baterias e oferecemos todo o suporte necessário para lhe ajudar na compra. Como resultado da nossa seriedade com o cliente, oferecemos 8 meses de garantia em suas baterias!

Achou pouco? Pois não! Além disso, nós temos preços justos e que cabem em seu bolso. Isso porque respeitamos os nossos clientes e apostamos em oferecer um belo custo-benefício! Diferencial, não é mesmo?

Procurando por uma nova bateria para o seu notebook? Clique aqui e conheça as nossas opções! Se o seu problema é fonte, nós também temos a solução! Então, clique aqui e confira!

Está em busca de mouses, teclados, fones de ouvido ou outros periféricos? Saiba quais são as nossas opções clicando aqui!

Veja também um pouco mais dos nossos produtos em nosso site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *