Dúvidas Frequentes

Quais as diferenças entre um notebook e um ultrabook?

http://dl.dropbox.com/s/411sgflctjdsm6b/Mob_s.jpg

Na hora de comprar um computador portátil, as opções são muitas e a escolha pode não ser fácil. Atualmente há uma grande variedade de notebooks (também chamados de laptops), ultrabooks, netbooks, aparelhos híbridos (que unem dois ou mais dispositivos em um só) e outras derivações. Com isso, muitas pessoas ficam confusas por não saberem quais são as diferenças básicas entre esses tipos de equipamento. Nesse texto, nós da bringIT vamos te contar todos os detalhes.

As principais diferenças entre notebooks, ultrabooks, netbooks e outros equipamentos são algumas características estruturais que dividem as máquinas em diferentes categorias. Cada uma dessas categorias foca em um conjunto específico de funções que o computador oferece, o que também aumenta a variedade de preços entre eles.

Características dos Notebooks e Netbooks

Os notebooks ou laptops são a primeira geração de computadores portáteis, com todos os principais periféricos integrados: monitor, teclado, mouse e “gabinete” (que contém placa-mãe, CPU, memória, HD e demais componentes). A palavra laptop inclusive faz referência ao uso do aparelho “em cima do colo”.

Em seguida vieram os netbooks, que são notebooks ainda menores, para quem precisa de ainda mais portabilidade. As configurações de hardware, no entanto, são mais modestas. São computadores realmente pequenos e não possuem o drive de leitura para CD/DVD, por exemplo.

ssd
Características dos Computadores Híbridos

As variações possíveis para esse tipo de computador portátil podem ser muitas. Alguns equipamentos são o famoso 2 em 1, que mescla notebook e tablet. Esse equipamento pode até mesmo ser desmontado de acordo com a necessidade da pessoa. No entanto, a mobilidade pode variar bastante de acordo com as funções que são oferecidas e alguns desses híbridos também podem ser ultrabooks.

Há ainda modelos 3 em 1 e até mesmo “Tudo-em-um” (chamados “All-in-One”). Esse tipo de computador geralmente é uma máquina fixa, uma espécie de desktop cujo diferencial é a integração de um PC potente com o monitor. Nesse caso, a falta de mobilidade é “trocada” por uma tela maior, design mais arrojado e, dependendo do caso, hardware mais poderoso.

dell-xps-12-convertible-ultrabook

 

Como surgiu o Ultrabook?

A grande responsável pela aparição dessa nova categoria foi a Intel. Desde 2011, a empresa determina as regras específicas que caracterizam um ultrabook. Ele é um notebook mais poderoso que o comum e sempre deve possuir um processador Intel. As últimas CPUs presentes em ultrabooks, inclusive, são Intel Core i3, i5 ou i7 de quarta geração.

Os ultrabooks, em teoria, são notebooks mais modernos, mais poderosos, mais finos, mais leves e ficam ligados por mais tempo fora da tomada. É claro que os modelos mais “modestos” de ultrabooks podem ser mais lentos que certos notebooks com hardware de alto desempenho, mas o conceito geral de ser “ultra” permanece. Trata-se resumidamente de um tipo especial de laptop.

Principais características dos ultrabooks:

  • Processamento: CPU Intel de 4ª geração (havendo no mercado alguns modelos remanescentes que possuem processador de segunda ou terceira geração – aprovados pela Intel desde 2011 até 2014);
  • Armazenamento:  em discos SSD de alto desempenho (que muitas vezes acompanham um HD de grande capacidade);
  • Carregamento rápido de dados: o ultrabook deve ligar e desligar — bem como entrar em modo standby — rapidamente. Iniciar um sistema operacional, por exemplo, deve demorar apenas alguns segundos;
  • Espessura: máxima de 23 mm;
  • Peso: em média 1,5 Kg;
  • Bateria de alta duração: média de 6 horas de reprodução de vídeos, 9 horas com o aparelho parado — apenas rodando informações básicas, sem vídeo ou maior processamento e antes de entrar em standby — e 7 dias em modo standby (dados oficiais da Intel). Geralmente essas baterias também possuem maior vida útil.

telas

É claro que muitas dessas especificações variam de acordo com o modelo abordado. A tela é um dos componentes dos ultrabooks que varia bastante e pode chegar até mesmo a 15”, embora a média seja de 13”. Boa parte dos ultrabooks atuais buscam integrar telas touchscreen (sensíveis a toques) com o sistema operacional Windows 8.1, que possui uma interface amigável para esse tipo de interação.

Quanto ao preço, é claro que as fabricantes cobram mais por se tratarem de computadores compactos de alto nível tecnológico. Por oferecerem uma combinação atraente de velocidade com mobilidade, os ultrabooks acabam sendo caros para muitos consumidores. Aparelhos um pouco mais robustos saem geralmente por mais de R$ 2 mil.

 

ultrabooknotebook

Vantagens e desvantagens dos ultrabooks

Enquanto uma das vantagens de boa parte dos ultrabooks é a grande redução dos sons emitidos por ventoinhas e discos (em comparação com a maioria dos laptops), certas desvantagens podem desanimar algumas pessoas. Dois dos principais “problemas” são a típica ausência de drives óticos (leitores/gravadores de CD/DVD/Blu-Ray) e as baterias embutidas (que não podem ser removidas).

Outro aspecto relevante para a decisão de compra é que nem todos os ultrabooks possuem placas de vídeo poderosas. Logo, não necessariamente são ideais para jogos eletrônicos ou aplicativos gráficos. Somente esse quesito já pode se tornar o principal fator para a escolha entre um notebook ou um ultrabook.

O ideal é sempre ponderar com calma e comparar diferentes modelos para fazer a melhor aquisição possível. Fabricantes de renome no mercado, como ASUS, HP, Lenovo, LG, Samsung, Dell, Acer e outras, oferecem tanto notebooks quanto ultrabooks com diferentes especificações e preços.

Tudo depende das suas necessidades de uso: usar bastante o PC fora da tomada, rodar games, armazenar poucos ou muitos arquivos, entre outras possibilidades. Além disso, é altamente recomendado que você fique sempre de olho em ofertas para aproveitar grandes descontos oferecidos pelas lojas. Confira nosso artigo sobre como comprar da melhor maneira possível e fique ligado nas dicas da bringIT!

Fontes: Ultrabook Review, Amazon, Zoom e Techtube

bringit