Cabo HDMI não funciona no PS4, o que fazer?

Tempo de leitura: 1 minuto

Se você ainda sofre com problemas no cabo HDMI do seu PS4, vai gostar de saber que ele tem uma solução definitiva. Mas você não está sozinho, vários usuários do videogame estão relatando o mesmo problema crônico dessa versão do aparelho que está simplesmente entortando o cabo de entrada do HDMI. Sem mais delongas, vamos solucionar?

Problemas na fabricação no hardware

O grande vilão dessa história está dentro do próprio PS4, mais especificamente na entrada HDMI: um dos pinos de entrada, que deveria estar preso à parte central do plug, foi acidentalmente dobrado para cima na produção do aparelho. Verifique se na entrada do seu aparelho existe esse entortamento e se houver é só seguir estes passos:

1 – Desligue seu aparelho da tomada;

Para qualquer procedimento com aparelhos eletrônicos, você precisa lembrar de desconectar da tomada. É básico, sabemos, mas não custa nada lembrar, né?

2- Use um clipe de papel;

Com o clipe, ajeite o pino da entrada do HDMI, sem segredo. Simples assim.

3- Ligue o videogame

Pois bem, depois desses passos tente ligar seu aparelho e faça o teste: se tudo correr como o esperado é só aproveitar seu videogame da melhor forma possível!

O que fazer quando o cabo HDMI não está conectando na TV

O cabo HDMI entortou, e agora?

cabo-hdmi-sendo-plugado-em-uma-tv

Se o seu pino do cabo já foi entortado, talvez seja melhor comprar um novo cabo HDMI , visto que grande parte dos usuários que enfrentaram esse mesmo problema tiveram os cabos danificados em decorrência do pino torto. Mas fique tranquilo, os cabos HDMI não pesam muito no bolso.

Fonte: Voxel / Kotaku

Existem cabos HDMI com diversos comprimentos diferentes, é só escolher o qual se adapta melhor ao ambiente que você costuma jogar:

HDMI 30cm

HDMI 1M

HDMI 2M

HDMI 5M

E aí, curtiu nossa dica?

Se ainda ficou alguma dúvida, escreva para a gente aqui nos comentários!

Na bringIT você encontra uma enorme variedade de peças e acessórios para o seu notebook!

bringit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *